Um poema
Um aforismo
Um desaforo
por aí afora

Cada música, uma poesia musicada #6 - Ricardo Domeneck

Confiram no link abaixo a versão musical que fiz do poema Segunda-faixa 00:37 de Ricardo Domeneck, do livro A cadela sem logos.

poesiafadada.vox.com


Beijos.

3 comentários:

corpo estranho disse...

"todo muro é um tanto confuso"
muito tri esse som, liberdade e coragem para desafiar a melodia, é isso aí cara.
também tenho alguns delírios e costumo deixá-los em: www.ageometriadasformastortas.blogspot.com
passa lá se tiver curiosidade e deixa um comentário
valeu

danielminchoni disse...

opa ricardo, se liga: sarau do burro: logo mais: 20hs, na casa nilo 132. http://www.flickr.com/photos/solaeacomediadavidaseca/3787915737/


aprece lá. valeu, abraço. p.s. leva um violão tmb. e uns amigos cabeças. hehheehe

corpo estranho disse...

cara, absolutamente genial, a arte é isso movimento coragem intervenção, é guerrilha ideológica.
olhei as fotos e fiquei bastante afim de voltar a colar algumas frases por aí.
moro numa cidade asfáltica e cinza no sul, por aqui se escolhe os bares ou as igrejas, seria muito afude olhar para o poste e notar que ele me diz alguma coisa diferente do óbvio.
velho é isso aí, tu é um guerrilheiro da arte, é muito tri saber que tem gente afim de fazer o negócio, cara tomo aí valeu!